Vulcão de La Palma está a gerar ondas de gravidade na atmosfera

Após período de acalmia, o Cumbre Vieja voltou a registar forte atividade. Conselho de Ministros espanhol deverá aprovar apoios de 10,5 milhões de euros.

O vulcão Cumbre Vieja voltou a rugir na madrugada de terça-feira, depois de um período de relativa calmia. E, segundo o Instituto Vulcanológico das Canárias, está a gerar ondas de gravidade na atmosfera.

Na segunda-feira, registou-se alguma expetativa relativamente ao que iria acontecer ao vulcão da ilha de La Palma, mas voltou a registar uma grande coluna de cinzas, acompanhada de explosões esporádicas que duraram cerca de cinco minutos e que podiam ser ouvidas a quilómetros de distância.

Na manhã desta terça-feira, a lava do Cumbre Vieja arrasou 257 hectares e destruiu 586 edifícios, enquanto outros 97 se encontram parcialmente afetados. A lava está a seguir o seu caminho lento rumo à costa, encontrando-se a cerca de 1,5 quilómetros do mar.

O Conselho de Ministros de Espanha deverá aprovar esta terça-feira um primeiro pacote de apoios no valor de 10,5 milhões de euros para financiar a aquisição de habitações e bens de primeira necessidade para as pessoas afetadas pela erupção do vulcão, a 19 de setembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG