Tripulação de astronautas volta à Terra após seis meses na Estação Espacial Internacional

A aterragem da tripulação, composta por três astronautas americanos e um alemão, está prevista para as 4.43 desta sexta-feira (hora de Lisboa) na costa da Florida (0.43 hora local), nos Estados Unidos.

A missão Crew-3 da NASA está de volta à Terra na madrugada desta sexta-feira, após seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional.

A aterragem da tripulação, composta pelos astronautas americanos Kayla Barron, Raja Chari e Tom Marshburn e o alemão Matthias Maurer, está prevista para as 4.43 desta sexta-feira (hora de Lisboa) na costa da Florida (0.43 hora local), nos Estados Unidos, após quase 24 horas de viagem desde que a cápsula Dragon se separou da Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês) esta quinta-feira às 5.20 (hora de Lisboa).

A vertiginosa descida vai desacelerar aquando da entrada na atmosfera terrestre e, consequentemente, pela abertura de enormes paraquedas. Posteriormente, a cápsula será resgatada por um navio da empresa de Elon Musk. Uma vez a bordo, a escotilha se abrirá para que os astronautas possam sair.

Batizada de Crew-3, a tripulação passou os últimos dias a bordo da ISS, realizando as operações de transferência com a Crew-4. Esta última também é composta por quatro astronautas, sendo três americanos e um italiano. A nova tripulação partiu da Florida há uma semana, também a bordo de uma nave da SpaceX.

Três cosmonautas russos permanecem na ISS, onde chegaram através de um foguete Soyuz.

Será a sexta aterragem de uma cápsula Dragon tripulada da SpaceX que transporta astronautas para a ISS, regularmente ao serviço da NASA.

Os membros da Crew-3 fizeram várias experiências científica, tendo estudado, por exemplo, como o cimento endurece na ausência de gravidade, algo que pode ser muito útil para futuras construções, inclusivamente na Lua. Também fizeram a segunda recolha de pimentas a bordo da estação.

Durante a estadia no espaço, receberam a visita de uma missão privada, composta por três empresários. Pela viagem, o trio pagou dezenas de milhões de dólares à SpaceX.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG