Tiroteio em hospital na África do Sul mata três pessoas

A polícia "desarmou e prendeu o suspeito", tendo sido também aberto um inquérito para esclarecer os factos.

Pelo menos três pessoas, dois civis e um polícia, foram mortos, no sábado à noite, num tiroteio no Hospital New Sommerset, na Cidade do Cabo, anunciaram hoje as autoridades.

De acordo com a porta-voz da polícia, Novela Potelwa, citada pelos meios de comunicação social locais, as forças de segurança "levaram um suspeito de 35 anos para o Hospital New Sommerset", quando, no local, um homem de 40 anos tirou a arma de fogo a um dos polícias e disparou contra o mesmo. O polícia acabou por morrer hoje de manhã.

Posteriormente, "disparou contra dois pacientes que estavam perto dele", de 42 e 48 anos, que morreram no local.

A polícia "desarmou e prendeu o suspeito", tendo sido também aberto um inquérito para esclarecer os factos, adiantou.

O chefe da província de Cabo Ocidental, Alan Winde, referiu, por sua vez, que "o motivo e as circunstâncias exatas" do crime ainda estão a ser investigados, enviando também condolências à família das vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG