Susto em transatlântico. 237 passageiros a salvo de incêndio

Um elemento da tripulação foi hospitalizado devido a dificuldades respiratórias.

Um incêndio deflagrou esta sexta-feira num transatlântico de bandeira italiana no mar Jónico com 237 passageiros e 51 tripulantes a bordo, enquanto navegava do porto helénico de Igoumenitsa para Brindisi, Itália, informou a polícia portuária grega. As imagens partilhadas nas redes sociais mostram bem a dimensão do incêndio.

De acordo com a informação inicial, não havia registo de vítimas. Entretanto, a guarda-costeira grega deu conta de que um elemento da tripulação ficou ferido. Trata-se de um homem de 42 anos que foi hospitalizado devido a dificuldades respiratórias.

"Todos os passageiros estão seguros e em barcos de salvamento", disse o secretário de Estado da Marinha Mercante grego, Kostas Katsafados, à estação de rádio privada grega Skai.

Os passageiros do transatlântico Euroferry Olympia foram transferidos para barcos salva-vidas e transportados para a ilha grega de Corfu, de acordo com a guarda costeira grega, que iniciou uma operação de salvamento.

"O capitão do Euroferry Olympia pediu aos passageiros que abandonassem o navio" e os barcos patrulha e rebocadores da guarda costeira grega foram enviados para o local, acrescentou.

Uma porta-voz da guarda-costeira disse entretanto que demorará várias horas a extinguir o incêndio e não confirmou a informação avançada por vários meios de comunicação de que existiriam pessoas presas a bordo do navio.

Receia-se, contudo, que houvesse passageiros não registados a bordo, nomeadamente migrantes.

O acidente teve lugar esta madrugada ao largo da costa norte da ilha grega de Corfu, entre a Grécia e a Albânia.

A causa do incêndio ainda não é conhecida e foi lançada uma investigação, disse a guarda costeira grega.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG