Sismo de magnitude de 5,8 registado na ilha de Creta faz pelo menos um morto

O terramoto foi registado a uma profundidade de 10 quilómetros.

Um forte terramoto de magnitude 5,8 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha grega de Creta e fez pelo menos um morto, indica a AFP, que cita a televisão estatal.

Um homem morreu enquanto trabalhava numa igreja que desabou, de acordo com a ERT.

Segundo informação do Centro Sismológico Euro Mediterrânico, o terramoto teve uma profundidade de 10 quilómetros.

O sismo foi sentido às 05:17, horário local (07:17 em Lisboa), a 23 quilómetros de Heraclião, capital de Creta, onde a população saiu para as ruas, de acordo com o Observatório.

"No momento, tivemos danos a prédios antigos e as pessoas saíram para as ruas", disse Yannis Leontarakis, funcionário da Proteção Civil na ilha, à televisão pública ERT.

Com profundidade de 10 quilómetros e magnitude de 5,8 na escala de Richter, o epicentro do terremoto foi registado 346 quilómetros ao sul de Atenas, segundo o Observatório Geodinâmico de Atenas.

Até agora, as imagens divulgadas pela ERT mostraram danos, em particular o desabamento de casas antigas em Arkaloxori, em Creta, próximo a Heraclião.

A Grécia é atravessada por falhas geológicas importantes e os terramotos são frequentes.

Em 30 de outubro de 2020, um sismo de magnitude 7.0 na escala de Richter sacudiu o Mar Egeu entre a ilha grega de Samos e a cidade turca de Esmirna, matando duas pessoas em Samos e 114 na Turquia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG