Secretário de Estado dos EUA negoceia com talibãs voos adicionais de retirada de civis

Antony Blinken, secretário de Estado dos EUA disse que os talibãs garantiram "passagens seguras" a afegãos que queiram sair do país.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, disse esta terça-feira que o Departamento de Estado está em contacto com os talibãs para serem efetuados voos adicionais de retirada de afegãos que queiram abandonar o Afeganistão, e estes garantiram "passagens seguras".

Blinken pronunciou-se sobre o assunto em Doha, durante uma conferência conjunta com altos diplomatas e responsáveis pela defesa do Qatar.

O secretário de Estado disse que esteve em contacto com os talibãs "nas últimas horas" para que sejam coordenados voos adicionais de retirada de civis a partir do aeroporto de Cabul.

Os talibãs, que proclamaram o Emirado Islâmico no passado dia 15 de agosto, disseram que "vão deixar partir livremente as pessoas portadoras de documentos de viagem", sublinhou o secretário de Estado norte-americano.

"Cerca de uma centena de cidadãos norte-americanos" querem sair do Afeganistão

Antony Blinken afirmou ainda que os talibãs garantiram "passagens seguras" para todos aqueles que querem abandonar o Afeganistão, mediante a apresentação dos documentos exigidos.

Por outro lado, Blinken disse que estão ainda no Afeganistão "cerca de uma centena de cidadãos norte-americanos" que querem sair do país.

Inicialmente, o Departamento de Estado afirmou que se tratava de um grupo de "entre 100 a 200 pessoas".

Blinken é acompanhado pelo secretário da Defesa, Lloyd Austin na deslocação ao Emirado do Qatar.

Os talibãs venceram a última guerra do Afeganistão que se prolongou durante vinte anos ao tomarem de forma vitoriosa a cidade de Cabul antes do final da retirada das forças norte-americanas negociada em fevereiro de 2020.

___

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG