Preso nos EUA um homem suspeito de ter matado os quatro filhos

A avó das crianças, uma mulher de 50 anos, também foi morta no incidente ocorrido na noite de domingo, na Califórnia

Um homem, suspeito de ter assassinado os seus quatro filhos e a avó das crianças, foi detido para interrogatório policial nesta segunda-feira (29) na Califórnia, nos Estados Unidos.

Os quatro filhos, todos menores de 12 anos, morreram no local do crime, uma casa na pequena cidade de Lancaster, perto de Los Angeles (oeste). A avó das crianças, uma mulher de 50 anos, também foi morta no incidente que ocorreu na noite de domingo. Todas as vítimas tinham ferimentos de bala na parte superior do corpo, informou a polícia.

O xerife do condado de Los Angeles disse que Germarcus David, de 29 anos, foi preso como suspeito dos homicídios e que a sua fiança foi fixada em 2 milhões de dólares.
O Los Angeles Times informou que David é um vigilante cuja licença de porte de arma foi cancelada.

O jornal entrevistou Waki Jones, que disse ter sido responsável pelo transporte dos dois filhos mais velhos, Amaya, 12 anos, e Demarcus, 9, durante anos. "Amaya era uma menina doce. (...) Ela sempre protegeu seu irmão", disse Jones ao Los Angeles Times. "É inacreditável. Não posso acreditar que eles morreram".

A violência armada é um grande problema nos Estados Unidos, alimentada por uma estrutura legal permissiva e pela abundância de armas, denunciam os ativistas. As tentativas de restringir a posse de armas têm sido impedidas por um poderoso lóbi pró-armas, que insiste que a constituição dos EUA garante o direito de estar armado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG