Portugal e Espanha decidem realizar reunião conjunta entre ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa

O anúncio foi feito pelo chefe da diplomacia portuguesa, João Gomes Cravinho, depois de uma reunião esta segunda-feira em Madrid com o seu homólogo de espanhol, José Manuel Albares, que marcou a primeira visita bilateral do ministro luso a um país europeu desde que tomou posse do cargo.

Portugal e Espanha decidiram realizar "nas próximas semanas" uma reunião entre os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa dos dois países para "pensar em voz alta, de forma coordenada", os grandes temas "estratégicos" da atualidade.

O anúncio foi feito pelo chefe da diplomacia portuguesa, João Gomes Cravinho, depois de uma reunião esta segunda-feira em Madrid com o seu homólogo de espanhol, José Manuel Albares, que marcou a primeira visita bilateral do ministro luso a um país europeu desde que tomou posse do cargo.

"Estamos com muita vontade de inaugurar este modelo que se prevê que seja anual", disse João Gomes Cravinho numa conferência de imprensa, ao lado de José Manuel Albares.

Segundo o ministro português, essa reunião a quatro, entre os dois responsáveis pelas Relações Exteriores e, neste caso, duas da Defesa, irá permitir a "Portugal e Espanha pensarem em voz alta, de forma coordenada, sobre os grandes temas estratégicos do nosso tempo".

Cravinho insistiu que os dois países se "entendem" e "conhecem muito bem" e que precisam "apenas de trabalhar melhor a sua relação para um âmbito mais alargado".

A primeira dessas reuniões que, segundo fonte diplomática, se irá realizar em Portugal, irá tratar, entre outros temas, da cimeira da NATO que se vai realizar em Madrid em 29 e 30 de junho, e que será um "momento muito marcante" para a Aliança e também "muito marcante para a identidade europeia de defesa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG