Polícia britânica procura "maior coelho do mundo" roubado de jardim dos donos

Segundo o dono do coelho, Darius cumpre uma dieta especial devido à sua idade, sem a qual corre o risco de morrer.

A polícia britânica lançou um apelo a quem tenha visto "o maior coelho do mundo" registado no Livro dos Recordes Mundiais do Guinness, que desapareceu do jardim onde se encontrava e cujo dono oferece uma recompensa pela sua recuperação.

De acordo com as autoridades policiais, Darius, um coelho continental de 1,29 metros de comprimento, foi roubado na noite de sábado para domingo da gaiola onde se encontrava, no jardim dos seus proprietários, em Stoulton, Worcestershire.

A sua dona, Annette Edwards, prometeu, numa mensagem divulgada na rede social Twitter, uma recompensa de 1.000 libras esterlinas (1.150 euros) a quem o devolver, especificando que o animal - de 11 anos, de acordo com a imprensa britânica -, é muito velho para reprodução.

"Cada animal é um indivíduo e não pode ser substituído", afirmou Annette Edwards, uma ex-modelo da Playboy atualmente com 68 anos, em declarações ao jornal Daily Telegraph.

Segundo o dono do coelho, Darius cumpre uma dieta especial devido à sua idade, sem a qual corre o risco de morrer.

Darius foi declarado como "o maior coelho vivo" em 2010, de acordo com o 'site' Guinness World Records.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG