Pelosi entrega na segunda-feira ao Senado o 'impeachment' de Trump

O anúncio foi feito pelo líder da maioria no Senado, Chuck Schumer.

A líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, vai entregar ao Senado na próxima segunda-feira o processo de impeachment do ex-presidente Donald Trump. O anúncio foi feito pelo líder da maioria no Senado, o democrata Chuck Schumer.

"Falei com a speaker Pelosi que me informou que o artigo será entregue ao Senado na segunda-feira", disse durante uma intervenção. "Um julgamento irá ocorrer no Senado dos EUA e haverá um voto para condenar ou não o presidente", acrescentou.

A não ser que Schumer e o líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell, cheguem a um acordo noutro sentido, o julgamento começará na terça-feira. McConnell queria que o processo fosse adiado até meados de fevereiro, para dar mais tempo a Trump de preparar a defesa.

A Câmara dos Representantes aprovou no dia 14 um histórico segundo impeachment contra Trump, acusando o presidente de incentivar a invasão ao Capitólio, no dia 6 de janeiro. A destituição passou com os votos a favor de 232 congressistas (entre os quais dez republicanos) e 197 contra.

"Hoje, de forma bipartidária, a Câmara mostrou que ninguém está acima da lei, nem mesmo o presidente dos Estados Unidos", declarou então Pelosi.

Apesar de Trump já não ser o presidente dos EUA, o processo pode continuar -- os especialistas dividem-se em relação a este ponto e quase de certeza que Trump recorrerá à justiça caso os senadores aprovem a sua destituição.

No Senado, é preciso uma maioria de dois terços (67 senadores) para passar o impeachment de Trump, sendo que depois eles podem ser chamados a uma segunda votação onde, por maioria, podem decidir que o republicano não poderá mais concorrer a cargos públicos -- afastando-o das presidenciais de 2024.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG