Pelo menos 2 mortos e 132 feridos em colapso de bancada numa sinagoga em Jerusalém oriental

O acidente aconteceu durante as orações em Givat Zeev, à saída da cidade, quando se iniciava o feriado judeu de Shavuot

Até ao final da tarde, foram contabilizados dois mortos e 132 feridos devido ao colapso de uma bancada numa sinagoga em Jerusalém oriental quando onde os fiéis se encontravam sentados, 10 das quais em estado grave ou crítico, afirmaram os serviços de emergência israelitas.

O acidente aconteceu durante as orações em Givat Zeev, à saída da cidade, quando se iniciava o feriado judeu de Shavuot, na sinagoga repleta com centenas de fiéis, cerca de 650, segundo a polícia.

Segundo um porta-voz dos paramédicos, a estrutura não tinha ainda acabado de ser construída, o que parece comprovado pelas imagens recolhidas pela televisão, que mostram um edifício com paredes de cimento e tábuas visíveis.

O comandante da polícia de Jerusalém, Doron Torgeman, frisou que "era proibido orar neste edifício".

O exército israelita deslocou para o local paramédicos e unidades de busca e salvamento, além de helicópteros para transportar feridos.

O autarca da localidade de Givat Zeev indicou que já tinha avisado que o edifício era perigoso, mas que a polícia ignorou os alertas.

No dia 30 de abril, uma debandada em massa durante um festival religioso no norte de Israel fez 45 mortos entre a comunidade ultraortodoxa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG