Pelo menos 14 mortos e 34 feridos em aluimento de terras na Colômbia

Fortes chuvas levaram ao aluimento de parte da montanha sobre as casas da cidade de Dosquebradas.

Pelo menos 14 pessoas morreram esta terça-feira e dezenas ficaram feridas num aluimento de terras numa cidade no centro-oeste da Colômbia, disseram as autoridades locais.

Fortes chuvas levaram ao aluimento de parte da montanha sobre as casas da cidade de Dosquebradas, no departamento de Risaralda, causando também 34 feridos, acrescentaram.

O balanço inicial, divulgado na rede social Twitter pelas equipas de resgate da Unidade de Gestão de Riscos de Catástrofes colombiana, indicava 11 mortos e 35 feridos.

"Um barulho assustador, como um estrondo alto. Saímos e vimos a encosta da montanha que tinha enterrado casas", disse Dubernei Hernandez, um taxista de 42 anos que vive perto do local da catástrofe, à agência de notícias France-Presse (AFP).

"Fui ao local e foi um desastre, as pessoas ficaram presas" debaixo da terra, disse o residente que disse ter ajudado nos primeiros esforços de socorro.

Imagens aéreas obtidas pela AFP mostravam socorristas ainda à procura de corpos soterrados, além de destroços de casas.

Os socorristas disseram temer novos deslizamentos de terra e várias famílias foram retiradas do local, com as autoridades a indicarem, em declarações a uma rádio local, que o terreno continua instável.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG