Nuclear. Presidente do Irão adverte EUA e Israel de "severa e incisiva resposta"

O chefe de Estado iraniano responsabilizou os EUA e "os seus aliados regionais" de fomentarem a instabilidade na região do Médio Oriente.

O presidente do Irão, Ebrahim Raisi, emitiu esta quinta-feira um aviso dirigido aos EUA e Israel, ao sugerir uma "severa e incisiva resposta" a qualquer ação contra a República Islâmica.

O chefe de Estado iraniano emitiu estas declarações quando o +residente dos EUA, Joe Biden, se encontrava em Jerusalém, onde abordou com os dirigentes israelitas as preocupações relacionadas com o rápido desenvolvimento do programa nuclear iraniano.

Israel tem reiterado o seu compromisso de impedir que o Irão obtenha uma arma nuclear.

Raisi responsabilizou os EUA e "os seus aliados regionais" de fomentarem a instabilidade na região do Médio Oriente, indicou a agência noticiosa oficial iraniana IRNA.

"Qualquer erro dos americanos e seus aliados na região e no mundo implicará uma severa e incisiva resposta", assegurou Raisi.

Um dos objetivos da deslocação do Presidente dos EUA ao Médio Oriente, que se iniciou na quarta-feira e termina no sábado, consiste em reforçar a "aliança de segurança" entre Israel e os Estados árabes do Golfo, que está a ser fomentada em torno dos receios atribuídos ao Irão.

Israel "nunca poderá ter relações normais na região", acrescentou Raisi.

As negociações destinadas a recuperar o acordo de 2015 com as grandes potências sobre o programa nuclear iraniano estão num impasse.

Restabelecer o acordo nuclear negociado pela administração norte-americana de Barack Obama (2009-2017) e abandonado unilateralmente pela administração de Donald Trump (2017-2021), em 2018, foi apontado como prioridade quando Biden chegou à Casa Branca, em janeiro de 2021, mas funcionários governamentais norte-americanos estão cada vez menos otimistas sobre a possibilidade de Teerão chegar a um entendimento com a comunidade internacional.

Na quarta-feira, o líder iraniano assegurou que o Irão irá manter a sua "posição correta e lógica" nas discussões, mas sem especificar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG