Nigéria: Grupo armado ataca prisão e liberta centenas de presos

Desconhece-se se houve mortos ou feridos, mas muitos dos reclusos que fugiram acabaram por ser capturados

Um grupo de homens fortemente armados invadiu, na sexta-feira à noite, uma prisão de Oyo, na Nigéria, e libertou centenas de prisioneiros, disse este sábado um porta-voz da administração da prisão, sem avançar se houve mortos ou feridos.

"Um grande número de homens armados atacou a prisão de Abonlogo com granadas na noite de sexta-feira", adiantou Olanrewaju Anjorin, acrescentando que muitos dos prisioneiros que fugiram "já foram encontrados".

Os detalhes da operação serão divulgados mais tarde pela polícia, referiu.

No entanto, a imprensa local avança que foram libertados quase 1.000 detidos durante o ataque.

A Nigéria, o país mais populoso de África, enfrenta uma condição grave de insegurança e grandes áreas do seu território são afetadas por atividades de grupos criminosos.

Em 13 de setembro, uma outra prisão, no estado de Kogi, foi também atacada e 240 detidos foram libertados à força.

Em abril, outra prisão foi alvo de ataque, dessa vez no sudeste do país, zona dominada pelos separatistas, e mais de 1.800 presos fugiram.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG