Joe Biden não tenciona voltar a convidar a Federação Russa para o G7

Donald Trump tinha admitido convidar Putin para a reunião dos países mais ricos do mundo.

O presidente dos EUA, Joe Biden, não tenciona convidar a Federação Russa para os trabalhos do Grupo dos 7 (G7), ao contrário do que o seu antecessor, Donald Trump, tinha admitido.

"Não penso que voltemos a enviar convites à Rússia", afirmou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, a jornalistas que viajavam com o presidente no avião presidencial.

"Claro que um convite seria feito em parceria com os nossos parceiros do G7", acrescentou, citado pela agência AFP.

A Federação Russa foi expulsa em 2014 do que era então o G8, depois de ter anexado a Crimeia, o que nunca foi reconhecido pela comunidade internacional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG