"Incitamento à insurreição". Democratas deram início ao segundo processo de impeachment a Trump

Democratas fizeram entrar na Câmara dos Representantes uma acusação para dar início a mais um processo de destituição contra o presidente cessante, responsabilizando-o pelo violento assalto ao Capitólio, na última semana

Os congressistas democratas formalizaram nesta segunda-feira (11) na Câmara de Representantes uma acusação contra Donald Trump, no que é o primeiro passo para a abertura formal de um segundo processo de destituição (impeachment) contra o presidente cessante dos Estados Unidos, a quem acusam de ter "incitado à insurreição", responsabilizando-o pelo episódio da invasão ao Capitólio na semana passada.

Ao mesmo tempo, os democratas, que controlam a maioria na Câmara, apresentaram uma outra resolução pedindo ao vice-presidente Mike Pence que destitua Donald Trump do cargo invocando a 25ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos.

Os republicanos na Câmara dos Representantes opuseram-se à votação imediata da resolução, cuja votação em plenário está prevista para terça-feira.

O bloqueio foi imposto depois de os democratas terem entregado na Câmara dos Representantes uma ata de acusação contra Trump, primeiro passo para a abertura formal de um segundo procedimento de destituição contra o Presidente cessante dos Estados Unidos, que é acusado unicamente de "incitar a violência" que assolou o Capitólio em Washington.

Trump termina o mandato quando Joe Biden, vencedor das eleições presidenciais norte-americanas de 03 de novembro de 2020, tomar posse, a 20 deste mês..

A presidente democrata da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, já reagiu ao bloqueio dos republicanos, acusando-os de "pôr os Estados Unidos em perigo" face à "cumplicidade" com Trump.

Pelosi lamentou que os republicanos se oponham à unanimidade da resolução para exigir a Pence que promova a demissão de Trump.

"A sua cumplicidade põe os Estados Unidos em perigo, mina a nossa democracia e isso deve parar", escreveu a presidente da Câmara dos Representantes num comunicado.

Pelosi anunciou, por outro lado, para breve, uma votação em plenário sobre esta resolução, bem como sobre a acusação contra Trump, que marcará a abertura formal do segundo procedimento de 'impeachment' contra ele.

em atualização

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG