Incêndio em zona residencial de Londres atinge várias casas

O incêndio deflagrou esta terça-feira, o dia mais quente do ano no Reino Unido, com as temperaturas a ultrapassarem os 40ºC.

O incêndio deflagrou esta terça-feira em Wennington, zona residencial da capital do reino Unido, e já atingiu várias casas. No local estão cerca de 100 bombeiros e 15 carros. Não são ainda conhecidas as causas.

O fogo já obrigou à retirada de dezenas de pessoas do local e há relatos de que pelo menos uma habitação ficou completou destruída.

O autarca de Londres, Sadiq Khan, declarou que "a situação é crítica" e que os bombeiros estão a trabalhar "sob uma grande pressão".

O trânsito já foi cortado nas proximidades do local do incêndio.

O Reino Unido bateu esta terça-feira o recorde de temperatura mais alta, com uma leitura provisória de 40,2 graus Celsius, de acordo com o instituto meteorológico britânico Met Office, que antecipa que o valor seja ultrapassado durante a tarde.

A temperatura foi registada no aeroporto de Heathrow, ultrapassando os 39,1º registados uma hora antes em Charlwood, cerca de 50 quilómetros a sul de Londres.

A temperatura mais elevada registada anteriormente no Reino Unido era de 38,7º C em Cambridge, em 2019.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG