Incêndio devasta uma fábrica histórica de São Petersburgo

Mais de 4.000 metros quadrados estão em risco de ser consumidos pelas chamas, afirmou uma fonte dos serviços de emergência citada pelas agências noticiosas russas.

Um incêndio de grandes proporções está a devastar esta segunda-feira uma fábrica histórica de São Petersburgo, com enormes chamas e um espesso fumo negro a elevar-se deste emblemático edifício da antiga capital imperial russa.

"Segundo os dados preliminares, uma pessoa morreu e duas foram hospitalizadas", indicou à agência noticiosa AFP o Ministério das Situações de Emergência russo, e quando o fogo consumia diversos andares da "Fábrica Nevski", um vasto complexo em tijolo vermelho com parte ainda utilizada como zona industrial.

Previamente, o ministério tinha declarado à AFP que dois bombeiros ficaram feridos com queimaduras em metade do corpo, e que tinham perdido o contacto com um terceiro. Segundo a mesma fonte, 40 pessoas foram retiradas do local.

Mais de 4.000 metros quadrados estão em risco de ser consumidos pelas chamas, afirmou uma fonte dos serviços de emergência citada pelas agências noticiosas russas.

Fontanka.ru, uma página digital de informação local, difundiu imagens impressionantes filmadas por um 'drone' sobre a fábrica, e que demonstram diversos edifícios totalmente devastados pelas chamas, visíveis a partir do centro histórico da cidade.

Construída por um industrial inglês no século XIX, a "Fábrica Nevski" foi durante largo período uma das maiores empresas têxteis da Rússia e da URSS.

Uma parte do complexo ainda se dedica a esta atividade, com o restante espaço abandonado ou alugado para zona comercial.

A fábrica, situada a sudeste de São Petersburgo, está incluída nos monumentos históricos da região.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG