Governo britânico anuncia aumento do salário mínimo

Salário mínimo será aumentado com o orçamento de estado para o próximo ano com o intuito de "acabar com os salários baixos até ao fim da legislatura".

O ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, apresenta na quarta-feira (27 de outubro) o orçamento para o próximo ano, mas já foram antecipadas algumas medidas, incluindo um aumento do salário mínimo.

O Tesouro britânico assinalou esta segunda-feira (25 de outubro) que o orçamento inclui um aumento do salário mínimo, que passará no próximo ano de 8,91 libras por hora para 9,50 libras (11,26 euros).

"Este é um governo que está ao lado dos trabalhadores. Este aumento do salário [...] coloca-nos no caminho para alcançar o objetivo de acabar com os salários baixos até ao fim desta legislatura", avançou Rishi Sunak.

O novo orçamento britânico pretende corrigir as finanças públicas após um aumento da dívida com a pandemia de covid-19.

"Será um orçamento apertado", alertam analistas da Capital Economics citados pela AFP.

No fim de semana foram avançadas outras medidas, incluindo um pacote de 6.000 milhões de libras (7.110 milhões de euros) para reduzir os atrasos registados nos cuidados de saúde devido à pandemia ou ainda 5.000 milhões (5.925 milhões de euros) destinados à inovação no setor médico.

Foram também anunciadas verbas de vários milhões para a renovação das linhas de autocarros e comboios regionais, no âmbito da promessa do primeiro-ministro de "reequilibrar" as regiões.

No início do mês já tinha sido divulgado um fundo de 500 milhões de libras (cerca de 590 milhões de euros) para ajudar os mais pobres com as contas da energia e da alimentação no inverno.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG