Gazprom suspende fornecimento de gás à Letónia

O consórcio russo Gazprom anunciou este sábado a suspensão imediata do fornecimento de gás à Letónia, alegando a violação das condições de abastecimento.

"Hoje a Gazprom suspendeu o fornecimento de gás à Letónia [...] devido à violação das condições de abastecimento". Foi desta forma, e em comunciado, que o consórcio russo Gazprom anunciou esta decisão, que ocorre após a empresa já ter divulgado que iria baixar as entregas de gás russo à Europa, através do gasoduto Nord Stream, alegando necessidade de manutenção das turbinas.

Em junho, a Rússia já tinha cortado, por duas vezes, o volume de entregas de gás, referindo que a infraestrutura não poderia funcionar normalmente, sem uma turbina que estava a ser arranjada no Canadá. Moscovo alegava que a turbina não tinha sido devolvida face às sanções impostas pelos países ocidentais, em resposta à invasão da Ucrânia.

Desde então, tanto o Canadá como a Alemanha concordaram em devolver o equipamento à Rússia, embora a turbina ainda não tenha sido entregue. O Ocidente acusa Moscovo de utilizar a energia como arma de retaliação às sanções adotadas. Por sua vez, o Kremelin assegura que em causa estão problemas técnicos na infraestrutura de gás.

A Gazprom também já interrompeu o fornecimento de gás a vários países que se recusaram a pagar em rublos (moeda local).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG