Democratas ganham controlo do Senado. Há 10 anos que não acontecia

Os dois candidatos do Partido Democrata venceram os seus adversários na Geórgia e conseguiram a reviravolta que esperavam, no que é uma importante vitória política para Joe Biden.

O Partido Democrata conseguiu esta quarta-feira o controlo do Senado norte-americano, após os seus dois candidatos terem conquistado as duas eleições no estado da Geórgia que se realizaram no dia anterior.

A eleição de Jon Ossoff e Raphael Warnock para a câmara alta do Congresso garante que os lugares de Senado ficam divididos precisamente 50 - 50, mas uma vez que de acordo com os regulamentos o vice-presidente tem direito a voto de desempate -- neste caso caberá à vice de Biden, a democrata Kamala Harris -- na prática o controlo do Senado ficará nas mãos do partido do próximo presidente dos EUA.

Há dez anos que o partido Democrata não conseguia controlar a câmara alta do Congresso.

Esta é uma vitória política importantíssima para Joe Biden e a sua equipa, uma vez que o controlo republicano do Senado tem sido, historicamente, uma forma de bloquear legislação considerada demasiado "liberal" ou "progressista", como se prevê que venha a ser a agenda do próximo presidente, que toma posse no dia 20.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG