Democrata Hakeem Jeffries é primeiro afro-americano líder de um partido no Congresso

Os Democratas da Câmara de Representantes norte-americana elegeram como líder o congressista Hakeem Jeffries, que sucede a Nancy Pelosi e torna-se no primeiro legislador afro-americano a liderar um grande partido no Congresso.

Após uma votação à porta fechada, mas unânime, Jeffries sucederá a Pelosi, presidente de longa data que anunciou este mês a não recandidatura à liderança Democrata no Congresso norte-americano.

Mostrando uma rara unidade partidária após algumas derrotas significativas nas eleições intercalares, em que os Republicanos conquistaram o controlo da câmara baixa do Congresso, os Democratas passaram assim de um líder histórico para outro, escolhendo o nova-iorquino de 52 anos.

A eleição de Jeffries representa uma importante mudança geracional dentro da liderança do partido, já que tanto Pelosi como os outros dois líderes anteriores, Steny Hoyer e Jim Clyburn, são octogenários.

De acordo com o jornal The Washington Post, a "número dois" dos Democratas na Câmara dos Representantes será Katherine Clark, de 59 anos e representante do estado de Massachusetts.

Já o congressista da Califórnia Pete Aguilar, de 43 anos, até agora vice-presidente do 'caucus' Democrata e membro da comissão parlamentar que investiga o ataque ao Capitólio, tornar-se-á a terceira autoridade do partido na câmara baixa, reforçando a mudança geracional no partido.

"É uma responsabilidade solene que todos nós estamos a herdar", disse Jeffries a jornalistas na véspera da reunião do partido.

"E a melhor coisa que podemos fazer como resultado da seriedade e solenidade do momento é esforçarmo-nos e fazer o melhor trabalho possível em prol das pessoas", acrescentou.

É raro um partido que perdeu poder nas eleições intercalares reagrupar-se tão facilmente, e a unânime escolha Democrata contrasta com a revolta e falta de união entre os Republicanos.

Embora os Democratas sejam relegados à minoria na Câmara de Representantes, eles ainda terão uma certa influência porque a maioria Republicana não é muito expressiva e é frágil o controlo de Kevin McCarthy - líder dos Republicanos na Câmara - sobre o seu partido.

Jeffries prometeu manter uma "mente aberta" no seu relacionamento com a oposição.

"Os Democratas na Câmara de Representantes estão comprometidos com uma agenda legislativa que reduza custos, proteja o direito ao aborto e fortaleça a democracia", disse Aguilar em comunicado após ser eleito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG