Exclusivo Das palavras à ação de Biden e Blinken

Presidente dos EUA prometeu restaurar o lugar de líder na cena internacional. Ao impasse no dossiê do Irão responde com reforço no Iraque e em contrariar a China.

A administração de Joe Biden desdobra-se nestes dias numa série de reuniões e iniciativas internacionais que podem marcar o tom da "liderança pela diplomacia" preconizada pelo presidente dos Estados Unidos, mas que já teve o seu primeiro percalço com a Turquia, quando o fraseado de um comunicado sobre a execução de militares turcos levou o presidente Erdogan a acusar os EUA de estarem do lado de terroristas. Irão, Birmânia e Afeganistão estão no topo da agenda, ao lado da pandemia, da recuperação económica global e das alterações climáticas.

O caso mais premente será o do Irão. Se nada mudar nas próximas horas, Teerão irá restringir a partir de domingo algumas inspeções da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) às suas instalações nucleares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG