Um morto e vários feridos após atropelamento de participantes em desfile LGBT nos EUA

O condutor de uma carrinha atropelou várias pessoas que desfilavam numa marcha de 'orgulho gay' em Wilton Manors, perto de Fort Lauderdale, causando pelo menos um morto e ferindo várias outras pessoas.

As autoridades estão ainda a determinar se se tratou de uma agressão deliberada, tendo detido o condutor que acelerou a carrinha em direção aos participantes do desfile LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero).

O autarca de Fort Lauderdale, Dean Trantalis, afirmou que a carrinha tinha como alvo a viatura onde se encontrava um membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, a democrata Debbie Wasserman Schultz.

Tratou-se de um ataque terrorista contra a comunidade LGBT", defendeu Trantalis. "Não foi um acidente. Foi deliberado, premeditado, que tinha como alvo uma pessoa em particular. Felizmente, falharam essa pessoa, mas infelizmente atingiram outras duas", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG