Cinco suspeitos de pertencerem a organização terrorista detidos em Espanha

Quatro das detenções foram feitas entre janeiro e março, sendo que o quinto suspeito foi preso nos últimos dias em Madrid. Investigação liga estas pessoas ao Estado Islâmico.

Cinco pessoas suspeitas de "pertencerem a uma organização terrorista" foram detidas em Barcelona e Madrid, anunciou a polícia espanhola.

Quatro dos cinco "supostos extremistas" foram detidos no nordeste de Barcelona, entre os meses de janeiro e março, enquanto o outro suspeito foi capturado nos últimos dias em Madrid.

Segundo a polícia espanhola, a investigação foi iniciada em dezembro após ter sido detetada "a entrada na Espanha de um suposto membro do Daesh [Estado Islâmico]", um homem argelino, que foi detido juntamente com dois compatriotas, em janeiro, em Barcelona.

Este grupo estava sob as ordens de um quarto homem a quem chamavam "Sheikh", que estava acusado do crime de "doutrinação ativa". Este homem foi detido em 2016 na Turquia quando tentava juntar-se ao grupo Estado Islâmico, mas foi colocado em liberdade, tendo depois viajado por vários países até ser novamente detido, em março, em Barcelona.

A polícia fez as detenções quando soube que o grupo procurava adquirir uma arma Kalashnikov. Durante as buscas à casa do suposto líder do grupo, os agentes encontraram vários facas e cartuchos de armas de fogo.

Contatada pela AFP, a polícia não forneceu mais dados sobre a recente prisão do quinto suspeito, em Madrid.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG