Palácio de Buckingham revela lápide da rainha Isabel II

Os visitantes poderão prestar homenagem no local a partir de dia 29 de setembro e sempre que a Capela de São Jorge estiver aberta ao público, exceto aos domingos.

DN
Pedra mármore preta no chão da Capela de São Jorge, Windsor, com os nomes dos falecidos monarcas e dos pais da malograda rainha.© Royal Collection Trust/The Dean and Canons of Windsor/PA

É a primeira imagem da lápide que marca o local de descanso eterno da rainha Isabel II. A laje de mármore preto belga com os nomes da rainha e do marido, o príncipe Filipe, e dos seus pais, George VI e Isabel, a rainha-mãe, esculpidos à mão em latão dourado, foi colocada no chão da Capela Memorial do Rei George VI, um anexo na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, onde os quatro membros da realeza que eram membros da Ordem da Jarreteira foram sepultados.

A fotografia foi divulgada este sábado, cinco dias após a morte da rainha, pelo Palácio de Buckingham e mostra a lápide cercada por arranjos florais, antes da reabertura do Castelo de Windsor na próxima semana. Os visitantes poderão visitar e prestar homenagem no local a partir de dia 29 de setembro e sempre que a Capela de São Jorge estiver aberta ao público, exceto aos domingos, que serão reservados aos fiéis.

A reabertura ocorrerá 10 dias depois de Isabel II ter sido sepultada junto ao príncipe Filipe, que morreu há 17 meses. A Capela Memorial do Rei George VI foi encomendado pela rainha para sepultar o pai, originalmente enterrado no Royal Vault, antes de ser transferido para a capela, que agora a acolhe a ela também.

Isabel II morreu no dia 8 de setembro, aos 96 anos, após mais de 70 anos de reinado.