Investigada carne de cão em almôndegas na Holanda

As autoridades de saúde holandesas acreditam que um produtor de Amesterdão, que importava cães da Espanha, costumava inserir a carne dos animais nalguns alimentos, nomeadamente em almôndegas.

As autoridades holandesas estão neste momento a tentar descobrir se as informação publicadas ontem, por um jornal holandês, são verdadeiras. Segundo o jornal, um produtor de carne, de Amesterdão, teria importado cães mortos colocando-os, depois, em vários produtos alimentares para consumo animal e humano.

Um porta-voz das autoridades de segurança holandesas informou, ontem, que ainda não havia informações acerca de uma investigação que está a ocorrer em Espanha, mas que estão a tentar esclarecer a situação através de canais oficiais.

Segundo o jornal 'ABC', o caso foi denunciado no ano passado por um canil em Pontevedra, em Espanha, alertando que tinham desaparecido alguns cães.

Era de conhecimento geral que o produtor holandês, que faleceu recentemente, fabricava alimentos para animais, o que ainda se desconhece é se este o fez também para pessoas.

A Comissão e o Conselho Europeu concordaram em realizar uma série de análises de ADN em vários produtos de carne.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG