Três feministas protestam no Vaticano contra visita do Papa a Estrasburgo

Três elementos das Femen manifestaram-se ao fim da manhã em plena Praça de São Pedro, no Vaticano.

As militantes do grupo Femen, que rapidamente foram detidas pela polícia, protestaram esta sexta-feira em plena Praça de São Pedro, no Vaticano, para denunciar a visita do Papa como um "ataque à secularização na Europa".

"O Papa não é um político" podia ler-se nos seus peitos, enquanto nas costas as ativistas tinham escrito: "Mantenham-no cá dentro".

No dia 25, o Papa Francisco vai a Estrasburgo numa visita oficial ao Parlamento Europeu, a segunda de um chefe da igreja católica àquela instituição europeia, depois de João Paulo II.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG