Lehman Brothers condenada por enganar igrejas e ONG's

Este poderia ser um exemplo global. Pois, trata-se do primeiro caso mundial de um banco de investimento a ser condenado pela Justiça. O banco norte-americano Lehman Brothers foi condenado na Austrália por enganar igrejas e Organizações Não Governamentais.

O banco de investimento norte-americano Lehman Brothers, responsável por uma das maiores falências dos Estados Unidos, e pelo início da crise económica, foi finalmente condenado.

A condenação partiu de um tribunal federal australiano que ditou uma sentença a favor de ONG's, instituições de caridade e igrejas, que processaram o banco de investimento por violação de contrato, conduta negligente e enganosa. O Lehman Brothers foi condenado a pagar uma indemnização por danos causados.

A decisão do tribunal australiano poderá ter um efeito global, uma vez que é a primeira condenação, no mundo, do comportamento de um banco de investimento, quer por razões legais quer por razões éticas, segundo o canal australiano "ABC".

Na denúncia coletiva - com 72 queixosos - pediu-se uma indemnização à Lehman Brothers de 250 milhões de dólares (192 milhões de euros) por perdas em investimentos feitos.

Os juízes já decidiram que os queixosos têm direito à compensação por perdas e danos mas ainda não se pronunciaram sobre o montante.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG