Um passeio pela «Sintra do Algarve», com quem realmente a conhece

Sim, isto também é Algarve, mas aqui o mar só se avista da Fóia, o ponto mais elevado da serra de Monchique, a 902 metros de altitude. E quanto mar se vê daqui! - nos dias limpos, a paisagem abarca toda a costa sul até ao litoral alentejano. A par da fortaleza de Sagres, o alto da Fóia é um dos locais mais visitados do Barlavento, mas mesmo assim as serranias que o rodeiam ainda são território desconhecido para demasiada gente. Foi para contrariar essa realidade que Reinaldo Alves criou há coisa de quatro anos a Monchique Passeios na Serra, […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

O populismo entre nós

O sucesso eleitoral de movimentos e líderes populistas conservadores um pouco por todo o mundo (EUA, Brasil, Filipinas, Turquia, Itália, França, Alemanha, etc.) suscita apreensão nos países que ainda não foram contagiados pelo vírus. Em Portugal vários grupúsculos e pequenos líderes tentam aproveitar o ar dos tempos, aspirando a tornar-se os Trumps, Bolsonaros ou Salvinis lusitanos. Até prova em contrário, estas imitações de baixa qualidade parecem condenadas ao fracasso. Isso não significa, porém, que o país esteja livre de populismos da mesma espécie. Os riscos, porém, vêm de outras paragens, a mais óbvia das quais já é antiga, mas perdura por boas e más razões - o populismo territorial.