Em Esposende, mantém-se viva a arte das cestas de junco

As cestas de junco de diversos tamanhos, feitios e cores captam a atenção mal se entra na divisão onde Maria do Carmo Arantes lhes dá forma, no tear. Trabalha em casa, em Forjães, vila do concelho de Esposende conhecida pela arte do junco, em tempos um importante meio de sustento familiar. Era comum ir-se lá à procura das cestas, sendo que ...

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG