12 vinhos da Beira Interior que não pode perder

O património vinícola português tem na sua base três grandes influências: atlântica, de óbvia declinação em proximidade ribeirinha e que inclui as ilhas; Norte de África, que facilmente reconhecemos nas argilas de vermelho incandescente do Algarve e Alentejo, outrora região do Al-Andaluz; e continental, marcada pelos maciços graníticos de altitude e que incluem o Dão e Trás-os-Montes. Nesta última influência, juntinho à raia beirã que trepa da latitude logo a norte de Castelo Branco até aos cocurutos de Pinhel, está o que há muito clama pelo devido reconhecimento. Falo da candidata a melhor região do mundo para vinhos brancos, a […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG