Portugal

Jorge Moreira da Silva

Para quando uma bazuca de produtividade e competitividade?

Não menosprezo o Plano de Recuperação e Resiliência, nem o papel dos 17 mil milhões de subvenções europeias nele enquadrados. Mas lamento que teimemos em não perceber que os problemas de crescimento da economia não se podem resolver apenas na perspetiva do financiamento - e, muito menos, exclusivamente do lado do financiamento público -, ignorando os constrangimentos estruturais que nos impedem de crescer há décadas.

Jorge Costa Oliveira

O PRR, a falta de estratégias nacionais e a marginalização das pequenas empresas

Na página online do governo apresentando o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) informa-se que este "se insere no âmbito da Estratégia Portugal 2030, o referencial estratégico para as opções estruturais do nosso país ao longo da década, e que tem por base a visão estratégica para o plano de recuperação económica de Portugal 2020-2030, [...] elaborado pelo Professor António Costa Silva". Nesta visão propugna-se a criação de um "cluster do hidrogénio verde" e de um "cluster do lítio, do nióbio, do tântalo e das terras raras".

Seis anos de Estratégia Nacional

Prevenção do terrorismo. Plano aprovado às escondidas e sem ações

A secretária-geral do Sistema de Segurança Interna diz que aprovou em 2017, com as polícias e as secretas, um plano para prevenir o recrutamento extremista e terrorista, mas nunca disso deu nota pública, nem ao parlamento. Especialistas em Segurança mostram-se surpreendidos. Desconhecem-se consequências e ações no terreno, coordenadas por esta estrutura.