Pedro Ró-Ró Correia. De Mem Martins a campeão asiático pelo Qatar
Premium

Qatar

Pedro Ró-Ró Correia. De Mem Martins a campeão asiático pelo Qatar

Saiu do Benfica porque era "pequeno". Agora, tem 1,88 metros e muito para contar. Quase desistiu do futebol quando a mãe morreu, mas acabou em Doha. Esta sexta-feira sagrou-se campeão asiático pelo Qatar.

Pedro Correia, Ró-Ró para os amigos, é um exemplo de superação e amor ao futebol. Cresceu no problemático bairro do Casal de São José em Mem Martins, zona de Sintra, onde começou a jogar à bola. Hoje vive na luxuosa Tower Zone em Doha e joga pela seleção do Qatar, que nesta sexta-feira, com o defesa a titular, fez história e conquistou a Taça Asiática, batendo na final o Japão por 3-1. E já sonha com a participação no Mundial 2022 e com um duelo com a seleção portuguesa de Ronaldo.

"Sou de uma família pobre, que passou várias dificuldades... aos 16 anos perdi a minha mãe e o meu mundo ruiu. Desde então foi uma luta constante para chegar onde estou hoje. Alguém que vem de um bairro pobre, como eu vim, raramente tem oportunidades na vida. Lá tens duas hipóteses, ou segues uma vida de crime ou o caminho certo e eu graças ao sonho de jogar futebol segui pelo caminho certo", contou ao DN Ró-Ró - a alcunha nasceu por causa da admiração pela dupla brasileira Ronaldo-Romário.

Ler mais

Exclusivos