Premium Papel do arquiteto é fundamental na conceção dos novos espaços

De que modo a pandemia da Covid-19 vai influenciar os ambientes onde vivemos? Este foi o desafio lançado pelo DN à Ordem dos Arquitetos. É cedo para se fazer propostas, mas é certo que a classe terá um papel fundamental.

Não foi esta a primeira vez, nem será certamente a última, que nós, humanos, estamos a passar por uma pandemia. O que mudou desta vez foi não só o facto de estarmos, e isso sim pela primeira vez, a vivê-la assistindo, impotentes, às repercussões que rapidamente se espalharam por todo o mundo, como a acompanhá-la em tempo real.

Ambos os factos são uma consequência direta da sociedade de comunicação em que vivemos. Factos que, por um lado, nos permitem ter condições de resposta mais rápida e ajustada, mas que por vezes não nos deixam tempo para pensar, muito menos para nos adaptarmos às mudanças. Há muito que vários sociólogos têm caracterizado a nossa como uma sociedade em que o passado e o futuro quase desaparecem em face da importância do presente, e quando esse presente se torna tão perturbante e inseguro quanto este, a desorientação e os medos que daí resultam são quase inevitáveis.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG