Premium San Siro, a demolição de um estádio que está a dividir Milão

Os dirigentes do Milan e do Inter estão de acordo. Querem construir um novo estádio para substituir o velhinho Giuseppe Meazza. A decisão não é nada pacífica e já há a promessa de um referendo municipal e nas redes sociais está em marcha um movimento para salvar o Scala do futebol.

Um dos estádios mais míticos da Europa poderá estar à beira da demolição. O Estádio Giuseppe Meazza, também conhecido por San Siro, por estar situado no bairro com o mesmo nome, a noroeste do centro de Milão, tem sido a casa dos dois históricos clubes da cidade, AC Milan e Inter, que agora estudam a possibilidade de avançarem para a construção de um moderno e mais rentável recinto, mesmo ao lado do imponente recinto inaugurado em 1926.

A decisão será tomada no final de abril. E a ideia está a deixar em choque alguns dos mais tradicionais adeptos dos dois clubes. Foi o AC Milan que em 2015 apresentou o projeto de construção de um estádio próprio com capacidade para 48 mil pessoas, num projeto inovador que iria custar mais de 300 milhões de euros. Só que este sonho nunca saiu do papel ou da maqueta, sobretudo devido à mudança de donos do clube rossoneri, adquirido em 2017 pelo grupo britânico Elliott.

Ler mais

Exclusivos