Premium "Agora não é o momento para negociação na Catalunha"

Líder dos socialistas catalães, Miquel Iceta, diz que há um fracasso que ninguém quer assumir, especialmente os independentistas, que é preciso esperar pela sentença dos líderes políticos detidos há um ano para se avançar nas negociações Catalunha-Estado espanhol.

O secretário-geral do Partido Socialista Catalão (PSC) acredita que a situação que se vive na Catalunha "é melhor do que há um ano". Apesar disso, reconhece Miquel Iceta, "agora não é o momento para a negociação".

Desde o dia 1 de outubro de 2017, quando teve lugar o referendo sobre a independência da Catalunha, muita coisa mudou. "Os governos nacional e o autonómico começam a falar e podem chegar a acordos concretos, sobre dívidas ou outras reivindicações, mas não entram na questão de fundo que é a divisão do poder", afirma Iceta, durante um encontro com correspondentes estrangeiros. E é assim que deve ser, refere, pois neste momento "não há condições para ir mais longe até passar o julgamento e a sentença dos políticos que estão na prisão".

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG