Premium O discreto ano de Ricardo Robles depois de a casa vir abaixo

Ricardo Robles era uma estrela em ascensão no Bloco de Esquerda e na Câmara de Lisboa. Foi traído por uma "opção privada, forçada por constrangimentos familiares", que o levou a pedir a demissão. Um ano depois, o bloquista continua longe dos holofotes. Mas já apareceu duas vezes.

De camisa branca, calças azul-escuras, Ricardo serve-se de legumes para um prato vermelho. Há gente em volta, alguns miúdos e um fotógrafo, junto ao buffet improvisado na Escola Básica Sarah Affonso, na freguesia dos Olivais, em Lisboa, onde o então vereador da Educação e dos Direitos Sociais da Câmara Municipal de Lisboa tinha assinado um protocolo para implementar um plano alimentar nas escolas de Lisboa para garantir às crianças refeições escolares mais saudáveis e confecionadas no local.

É esta a última foto que Ricardo Robles partilhou na sua conta do Instagram, em 20 de julho de 2018, antes de a casa vir abaixo: no dia 27 é revelada a tentativa de venda por 5,7 milhões de euros por Robles e a sua irmã de um prédio que reabilitaram, que tinham adquirido num leilão da Segurança Social por 347 mil euros. Três dias depois demitiu-se.

Ler mais

Exclusivos