Premium Todos contra Susana Díaz, ou Susana Díaz contra todos?

O Ciudadanos, até agora aliado da socialista Susana Díaz na Junta da Andaluzia, chegou a acordo com o Partido Popular quanto à repartição de cargos na Mesa do novo Parlamento desta autonomia espanhola, que é hoje constituída. Um acordo que é inclusivo e prevê a participação do Vox (extrema-direita) e da Adelante Andalucía (que inclui o Podemos).

Todos contra Susana Díaz, ou Susana Díaz contra todos na luta pelo poder na Andaluzia? O novo Parlamento andaluz entra em funções nesta quinta-feira num ambiente de guerra política aberta entre a ainda presidente da Junta da Andaluzia, todos os outros partidos que ajudaram à pior derrota em três décadas do PSOE andaluz nas eleições autonómicas de dia 2 e, claro, o líder do PSOE a nível nacional que, por acaso, é também o atual primeiro-ministro de Espanha.

O Ciudadanos, que há três anos com o seu apoio viabilizou a permanência de Susana Díaz como presidente da Junta da Andaluzia, anunciou agora que chegou a acordo com o Partido Popular andaluz para um programa de governo com 90 medidas. "É mais do que previsível que eu seja o presidente da Junta", afirmou nesta quarta-feira o líder do PP andaluz, Juan Manuel Moreno, prevendo a sua tomada de posse já para o dia 16 de janeiro.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG