Premium A democracia necessita de um setor mediático sólido para recuperar

Artigo de Věra Jourová, vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelos Valores e Transparência, e Thierry Breton, comissário europeu responsável pelo Mercado Interno.

Quando os meios de comunicação atravessam dificuldades, o mesmo sucede com as nossas democracias. Uma vez que os dirigentes europeus aprovaram neste verão um plano de relançamento histórico para combater a crise, importa atribuir particular atenção ao setor dos meios de comunicação. A queda drástica registada nas receitas deste setor, atingindo níveis próximos de 80% em vários países, põe em risco as nossas democracias.

Não devemos dar por adquiridos os valores que definem a nossa União, como a liberdade, a democracia, o Estado de direito e os direitos fundamentais. Há que lutar por eles. O mesmo sucede com a liberdade e o pluralismo dos meios de comunicação, para os quais a transformação digital suscita desafios.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG