Premium Triplo salto português de mão-cheia nos Mundiais de Doha

Mundiais de atletismo arrancam nesta sexta-feira na capital do Qatar, com Portugal a fazer-se representar por 15 atletas, cinco deles triplistas.

É no triplo salto que reside grande parte da esperança portuguesa em medalhas e finalistas nos Campeonatos do Mundo de atletismo, que vão disputar-se entre esta sexta-feira e 6 de outubro em Doha, capital do Qatar.

Entre os 15 atletas lusos estão cinco triplistas: Nelson Évora e Pedro Pichardo no lado masculino e Patrícia Mamona, Susana Costa e Evelise Veiga no setor feminino. "Vamos estar presentes com 15 atletas [menos cinco do que há dois anos] e acredito que estão preparados para fazer o melhor possível, uns com mais ambições do que outros, pelos seus resultados e desempenhos. Os atletas de triplo salto são alguns deles", começou por antever ao DN o diretor técnico nacional, José Santos. "Nestas alturas fala-se sempre em medalhas, mas as medalhas são sempre poucas para todos os países e para toda a gente. A marcha também é uma disciplina em que somos normalmente fortes", acrescenta o dirigente, que dá conta de um "contraste terrível" entre o muito calor que se faz sentir ao ar livre no Qatar e o muito frio dos hotéis.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG