Premium "Se bobear, vai ter estátua de Jorge Jesus ao lado do Cristo Redentor"

Carlos Mozer é um dos heróis do Flamengo que, em 1981, conquistaram a única Taça Libertadores do seu historial. Ao DN fala sobre "a noite mágica" do apuramento do clube para a sua segunda final e sobre a loucura em torno de Jesus, o treinador que "mudou a equipa da água para o vinho".

"Foi uma noite mágica, com uma grande festa!" É assim que Carlos Mozer fala, emocionado, da goleada de 5-0 com que o Flamengo despachou o Grémio, garantindo o apuramento para a final da Taça Libertadores, algo que não conseguia há 38 anos.

O antigo defesa central do Benfica é um dos jogadores que estão na história do popular clube carioca por causa dessa conquista em 1981, numa equipa em que também brilhava o inesquecível Zico, mas também Júnior, Leandro, Tita, Adílio, entre outros. "Se o Jorge Jesus e o Flamengo estiverem juntos durante muito tempo, acredito que esta equipa poderá ser uma digna sucessora daquela onde joguei e que marcou a história do clube", admite ao DN.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG