Exclusivo Promessas de Costa, apelos de Lourenço: "Sejam, pois, bem-vindos a Angola"

No segundo dos seus três dias de visita de Estado a Portugal, o presidente de Angola foi ao Porto. Fez apelos e ouviu promessas.

A promessa, solene e pública, foi do primeiro-ministro António Costa, na conferência de imprensa conjunta com o presidente de Angola, João Lourenço, que os dois deram ontem no Porto: "Da parte de Portugal, como não poderia deixar de ser, daremos toda a colaboração às autoridades angolanas, tendo em vista apoiá-las na prioridade que definiram do combate à corrupção, promoção de concorrência leal e recuperação de capitais que estejam indevidamente titulados."

E - acrescentou - "o que importa aqui é essencialmente dar o seu a quem é seu", isto é, "atribuir a titularidade do capital a quem deve ser titular do capital". "Mais do que saber onde estão localizados os depósitos, o importante é saber em nome de quem estão titulados", explicou Costa, falando na necessidade de o "dinheiro que pertence a Angola ser contabilizado"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG