Quanto custa a formação de um médico? O Estado deve ser compensado?
Premium

médicos

Quanto custa a formação de um médico? O Estado deve ser compensado?

Os médicos fazem, no mínimo, uma formação de 10 a 12 anos. Mas dizem que a sua formação tem de ser contínua. Por isso, defendem, o valor do seu custo parece muito, mas "é o que é" porque "um médico bem preparado é uma dádiva para a vida dos doentes". A polémica estalou.

O que faz um médico em 24 horas no Serviço Nacional de Saúde (SNS)? De acordo com dados recolhidos pela Ordem dos Médicos e disponibilizados ao DN, os médicos integrados nas unidades públicas de saúde realizam por dia 118 825 consultas, 17 440 urgências, 2149 internamentos, 1841 intervenções cirúrgicas e 190 partos.

O que ganham é justo para o número de horas que trabalham e nas condições em que o fazem? A classe é perentória e diz que não. O relatório da OCDE de 2019, publicado recentemente, revela que os médicos portugueses, e de um conjunto de colegas de outros 11 países - como Áustria, Bélgica, Canadá, Estónia, Finlândia, França, Hungria, Israel, Luxemburgo e México - são os únicos que registaram uma descida nos ordenados nos últimos sete anos, de cerca de 1,3%. Ou seja, de 2010 até 2017, coincidindo com a passagem da troika pelo país, em que se travaram contratações, regimes de exclusividade e outro tipo de incentivos.

Ler mais

Exclusivos