Premium "Só uma vez senti que ser mulher e mãe me retirou uma oportunidade"

No livro Confiança, que apresenta hoje, Assunção Cristas fala de temas que lhe são caros como o território, a justiça, o estado social e a demografia. Neste excerto, tirado do início do livro, conta como a sua vida pessoal e privada a moldou como política, há dez anos: da maternidade ao feminismo.

Mulher e mãe em cruzamento permanente

Costumo dizer que descobri que ser mulher era relevante depois de entrar para a política. Refletindo um bocadinho mais, talvez não seja bem verdade, mas é pura verdade que só nessa altura ganhei total consciência das múltiplas implicações de ser mulher.

Ler mais

Exclusivos