Premium Angola e Guiné-Bissau no maior e mais quente CAN de sempre

Egito acolhe a partir desta sexta-feira a primeira edição do Campeonato Africano das Nações no verão e com 24 seleções. Palancas negras e djurtus representam lusofonia.

Depois da Taça Asiática e da Liga das Nações e com a Copa América e a Gold Cup em andamento, há mais um torneio de seleções para ver. O Campeonato Africano das Nações (CAN) 2019 arranca nesta sexta-feira, naquela que será a primeira vez que a competição se vai realizar no verão e com 24 equipas, entre elas Angola e Guiné-Bissau.

Inicialmente a prova estava prevista para os Camarões, mas atrasos na construção das infraestruturas desviaram o torneio para o Egito, numa decisão tomada pelo Comité Executivo da Confederação Africana de Futebol (CAF) a 8 de janeiro deste ano. Vai ser a quinta vez que realiza em solo egípcio, depois de 1959, 1974, 1986 e 2006, tornando o país no que mais vezes organizou a prova. O pontapé de saída estava agendado para o último sábado, mas foi atrasado em seis dias devido ao Ramadão.

Ler mais

Exclusivos