Exclusivo O desastre financeiro da Grã-Bretanha

O dia em que um défice recorde levou a Inglaterra a pedir 90 milhões de libras emprestadas.

Uma greve dos estivadores obrigou o governo da Grã-Bretanha a pedir um empréstimo de 90 milhões de libras (mais de sete milhões de contos, um milhão e 400 mil euros ao câmbio atual) ao Banco Internacional de Regularização, de Basileia, para salvar a moeda inglesa. A notícia foi conhecida a 15 de novembro de 1967 e o DN explicava o facto de as exportações terem sofrido um grande abalo devido ao protesto dos "descarregadores portuais" que paralisaram os portos de Londres e Liverpool.

A situação ajudou ao défice recorde da balança comercial inglesa, que era em outubro de 1967 de 107 milhões de libras, segundo o Ministério do Comércio. A notícia referia ainda a esperança do governo britânico de que durante o mês de novembro as exportações deveriam melhorar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG