Premium Obama está de volta e Trump contra-ataca com o #Obamagate

Ex-presidente fez críticas veladas e outras mais diretas ao seu sucessor, que respondeu dando fôlego à teoria de que a Administração Obama inventou as acusações de que estaria de conluio com a Rússia para ganhar as eleições de 2016.

Primeiro foi a declaração de apoio ao seu antigo vice-presidente Joe Biden para as eleições de novembro, onde ao falar da Casa Branca que este terá criticou veladamente aquela que existe atualmente. Depois, o telefonema que veio a público onde atacou diretamente a resposta de Donald Trump à pandemia de coronavírus. Barack Obama voltou à arena e parece estar para ficar - este sábado houve mais um episódio, com o ex-presidente a dizer que a pandemia de covid-19 nos EUA "enterrou em definitivo a ideias de que os nossos responsáveis sabem o que fazem". Trump tem contra-atacado no Twitter sobre a forma do hashtag #Obamagate.

"Votem", limitou-se a escreveu Obama nas redes sociais na quinta-feira, numa altura em que o presidente exigia que o seu antecessor fosse ouvido no Senado. Trump acusou Obama de cometer "o maior crime político e escândalo na história dos EUA" e deu gás à teoria de que Obama trabalhou com a sua equipa para inventar as acusações de que ele estaria de conluio com a Rússia para ganhar as presidenciais de 2016.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG