Joana Fitas já mudou quatro vezes de emprego, à procura de novos desafios
Premium

Emprego

O dinheiro já não é tudo. O que procuram os millennials?

São jovens, proativos, qualificados, tecnológicos, curiosos e têm uma enorme vontade de aprender e evoluir. Querem trabalhar em empresas ambientalmente sustentáveis, socialmente responsáveis, alinhadas com os seus valores. E estão sempre à procura de novas experiências.

Aos 31 anos, Joana Fitas soma no currículo quatro mudanças de emprego. Sempre por iniciativa própria. Sempre à procura de novos desafios. "As primeiras coisas que analiso são o projeto que posso vir a abraçar, a empresa em si, as funções que vou desempenhar, as oportunidades de progressão e, claro, o salário", diz a jovem, mestre em Línguas e Relações Empresariais pela Universidade de Aveiro. Não esconde que o dinheiro é importante, mas não é tudo. "Considero, por exemplo, que o ambiente da empresa e o equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal são aspetos igualmente importantes."

Começou a carreira no departamento de exportação de uma empresa de materiais de construção, onde permaneceu dois anos. Fez uma formação em Marketing Digital e esteve dois anos no departamento de marketing de uma empresa do ramo tecnológico. Seguiram-se quatro anos numa empresa do mesmo setor, mas chegou novamente a altura de mudar. Em janeiro, assumiu funções como gestora de projeto digital na Prio Energy. "É muito difícil hoje pensar em empregos para a vida, sobretudo na nossa geração. Quero acreditar que há bons projetos, boas empresas que promovem o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, o que influencia a produtividade dos colaboradores", afirma.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG