Premium "Desde o fim da Segunda Guerra, o Brasil foi-se afastando dos Estados Unidos"

Vinícius Vieira, professor de Relações Internacionais da Fundação Getulio Vargas (FGV), falou ao DN sobre a visita de Jair Bolsonaro a Washington, do seu encontro com Donald Trump e sobre a relação entre Brasil e EUA.

Qual o significado de o Brasil de Jair Bolsonaro escolher para o primeiro encontro bilateral os Estados Unidos, de Donald Trump?
É para demonstrar que os EUA são o parceiro preferencial do Brasil, não apenas do ponto de vista económico mas também militar e geopolítico. Neste último caso, ganha relevo a assinatura de um acordo para o uso americano do Centro de Lançamento de Alcântara [base brasileira considerada ótima para se lançar satélites pela proximidade com a linha do Equador].

Há também a controversa questão dos vistos...
Bolsonaro deverá anunciar uma isenção - os cidadãos dos EUA não precisariam mais de visto no Brasil - mas sem reciprocidade. Essa questão gerará críticas porque, como se sabe, muitos turistas brasileiros vão lá de férias. Os governos Fernando Henrique Cardoso [FHC] e Lula da Silva, por exemplo, usavam a questão do visto como barganha, como negociação.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG